22.09.2013

sdass

Ontem (21/09) aconteceu em Las Vegas, mais um dia do evento anual “iHeartRadio Music Festival” que contou com a presença de vários artistas como Bruno Mars, Paul McCartney, Avril Lavigne e, claro, Miley Cyrus.

Miley se apresentou em dois palcos do evento, sendo um deles o palco principal, onde ela se emocionou ao cantar seu novo single Wrecking Ball.
Após suas performances, alguns sites fizeram algumas matérias para dizer o que acharam das inesquecíveis apresentações da cantora. Confira as matérias traduzidas logo abaixo:

USA Today

Talvez a cantora de ‘Wrecking Ball’ tenha um método para a sua recente loucura.

LAS VEGAS – O problema com Miley Cyrus não é que ela estava sem sorte. É que ela é muito confusa. Um dia, ela se sexualiza sem realmente ser sexy, arrumando o cabelo para cima com mini-coques como grossos chifres de um filho do diabo, colocando a língua para fora como uma personagem de desenho animado e fazendo caretas em seu tigre de pelúcia. O próximo, ao que parece, ela está cantando Wrecking Ball, uma peça devastadora de desgosto pop que está entre os melhores singles do ano.

Se ela está tentando mostrar como cresceu pela forma como ela pode agir com um desejo sexual, ela não está fazendo um trabalho muito bem feito. Ao mesmo tempo, a sabedoria convencional sugere que esfregando os dedos de espuma em lugares onde os dedos de espuma não devem estar, não ajuda na credibilidade como uma cantora de Wrecking Ball. Talvez, como proposto por Elton John – que, como Cyrus, se apresentou no iHeartRadio Music Festival neste fim de semana em Las Vegas – Ela é “um colapso esperando para acontecer”. Francamente, é difícil dizer.

Porém, o que é ótimo sobre Miley Cyrus, é que ela é muito engraçada. Ela tem um estranho e afinado senso de humor, que ela exibiu sábado, durante duas apresentações no festival, principalmente a tarde no iHeartRadio Music Festival – Village.

Vestida com um hot-pants branco com laços que voavam cada vez que ela rebolava em direção à plateia, Cyrus cantou “We Can’t Stop” e “Party In The USA”, embora cercada por dançarinos vestidos de cogumelos infláveis ​​e arco-íris, houve twerking entre pouca pessoas. O palco absurdamente colorido parecia um cruzamento entre um dos jogos de videogame do Super Mario Bros e um demente programa infantil de televisão do início dos anos 70.

Com todas as atividades de Cyrus nas últimas semanas – sua performance no MTV Video Music Awards, sua aparição nua em seu vídeo, Wrecking Ball, seu rompimento com Liam Hemsworth – ela mostra uma incrível capacidade de surpreender. Mas Cyrus não poderia ter vindo com algo bem mais espantoso no sábado do que uma de suas opções de música – Look What They’ve Done to My Song.

Escrito por Melanie Safka do Brand New Key fame, Look What They’ve Done to My Song, foi um sucesso modesto em 1970 para o New Seekers (e, mais tarde, um jingle do Quaker Oats). Apesar de ter sido uma música bastante conhecida na década de 70, por um cover de Ray Charles, o cantor country Billie Joe Spears e outros, ela nunca foi particularmente um grande sucesso. Certamente não é o tipo de canção que alguém iria esperar que uma cantora de 20 anos de idade como Cyrus soubesse.

Sua letra, no entanto, são particularmente relevantes para alguém que se encontra sitiada pelos meios de comunicação, exatamente no momento que ela está apresentando a música que ela espera que definirá ela de uma artista jovem para uma artista adulto:

Look what they’ve done to my brain, Ma

Look what they’ve done to my brain

Yeah, they picked it like a chicken bone, and they think I’m half insane, Ma

Look what they’ve done to my brain’

Desempenho de Cyrus foi um momento engraçado da cultura pop bizarra, com certeza, mas também mostrou seu potencial de cantora, revelando-se aos críticos de uma geração mais velha, usando uma de suas próprias canções, um movimento marcadamente maduro para uma jovem que raramente recebe o beneficio dessa dúvida.

E esse foi Wrecking Ball. Cyrus cantou a música na frente de um grande público de concerto pela primeira vez no sábado à tarde, e depois novamente naquela noite. O desempenho de ontem a tarde moveu às lágrimas. Quando ela terminou de cantar, ela tinha rímel escorrendo pelo rosto.

A coisa estranha sobre Wrecking Ball é que todo o público louco não diminuiu o desempenho da canção de Cyrus. A controvérsia , as caretas bizarras, o medo por sua estabilidade mental, do que você quer chamar, na verdade aumentou o impacto emocional de sua performance – da mesma forma que os cantores de country muitas vezes usam uma novidade que funciona como um destruidor real de corações.

É inteiramente possível que as recentes palhaçadas bizarras de Cyrus são uma armadilha. Sim, é uma maneira de chamar a atenção, mas não somente por causa da atenção. Cyrus pode ter mais do jogo em mente.

[…]

Yahoo!

Diga o nome “Miley Cyrus” e o que vem a sua cabeça? Se você é como uma das 99% das pessoas, você provavelmente pensou em “línguas” ou “twerk” ou “ursinhos de pelúcia”. A jovem estrela pop, que veio sob o fogo de suas devassas apresentações públicas – o que culminou com sua infame performance no VMA 2013 e não diminuiu sua nudez inclusive para o mais recente single “Wrecking Ball” – infelizmente algo que foi lamentavelmente ignorado, na “esteira” de conversa sobre suas palhaçadas.

Ou seja: A garota tem talento.

Cyrus parecia ter uma missão para provar nesta noite de sábado no iHeartRadio Music Festival 2013. Claro, ela optou por mostrar que consegue deixar as pessoas surpresas através de roupas, que revelou mais de sua figura, que consiste em um mini-vestido branco, sapatos pretos, e o que parecia ser bottons de biquíni preto-e-branco por baixo. E ela fez um GreenLight num palco com arco-íris, cogumelos e pessoas pequenas dançando. Ah, sim, e ela cantou em um microfone em forma de banana.

No entanto, além desses detalhes, o momento mais chocante da cantora era seu conjunto admirável contido. Isto incluiu a inclusão surpresa de “Look What They’ve Done To My Song”, de Melanie Safka, 1972, canção que ela fez um cover no ano passado, como parte de um projeto filmado para seu “Backyard Sessions” sem muita divulgação, mas que deixou muitos de queixo caído, repleto de emoção, e livre de um microfone-banana ela se entregou ao cantar “Wrecking Ball”.

Reação dos telespectadores no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, se mostraram horrorizados com o talento da cantora, enquanto o Twitter explodiu com uma mescla de comentários – alguns discutindo a roupa reveladora, mas muitos elogiando sua entrega sincera a música.

[…]

EntertainmentWise

Miley Cyrus aparentemente aproveitou a oportunidade para chocar a todos, quando ela foi sem sutiã que deu para ser percebido através de vestido de malha com quase a visão clara de seus seios, com bottons em seus peitos para manter a sua modéstia, no iHeartRadio Music Festival em Las Vegas no sábado.

A cantora de “We Can’t Stop” provou que ela não pode mais manter suas roupas como ela quando sai em Sin City usando um vestido inspirado em bondage, com capas de borracha em seus seios e um par de tiras de calcinha.
Miley parecia decidida a fazer cabeças girarem conforme ela deixou um pouco para as pessoas imaginarem, lembrando muito em piscar de ladinho para a besteira que estava fazendo enquanto posava para as câmeras.

Parecia que a única parte do corpo da cantora de 20 anos de idade, que não estava provocante no show foi os braços, que foram cobertas em mangas de pelugem branca horríveis, enquanto que seu pescoço estava selado em tiras de couro estilo gargantilha. Além da roupa chocante, é evidente que a estrela vem trabalhando duro em seu corpo quando ela exibiu seu enfraquecido no vestido.

Miley foi posteriormente anunciada no palco por Britney Spears, que elogiou a estrela como “legal”. Britney que será a atração principal sua própria Las Vegas a partir de dezembro – disse: “Esta próxima performance está em toda parte. Eu amei colaborar com ela em Bangerz – ela é muito legal e agora está prestes a cantar seu hit número #1, ‘Wrecking Ball’ pela primeiro. vez. Minha garota está prestes a começar a trabalhar, v*dias!”.

Apesar da reação das pessoas com o seu último videoclipe, a estrela recebeu por seu comportamento irresponsável nos últimos meses, de seu mais recente single ‘Wrecking Ball’ quebrando o recorde da VEVO de 100 milhões de visualizações o quebrando em apenas seis dias no Youtube, enquanto seu desempenho no MTV VMA lhe deu um surto de seguidores no Twitter.

MTV

Enquanto ela ainda twerked durante ‘We Can’t Stop’, as coisas atenuadas caiam sobre Miley durante um cover de ‘Look What They’ve Done To My Song’.

Quando Miley Cyrus subiu ao palco do iHeartRadio Music Festival na noite de sábado para uma performance de seu hit rebelde o single, “We Can’t Stop”, foi decididamente atenuada de seu muito comentado sobre o desempenho do VMA. E apesar de ela não ter colocado sua língua para fora ou brincar com um dedo de espuma desta vez, ela deu um tapa no traseira de uma anã quando ela twerked com um mini-shorts.

Mais uma artista residente da Sin City, Britney Spears, foi o único a apresentar a nova princesa da música pop, dizendo à multidão com ingressos esgotados em Las Vegas no ‘MGM Grand Arena’ na noite: “Minha garota está prestes a começar a trabalhar, v*dias.”

Vestida com um vestido branco revelador, as mangas de pele branca e bottons nos seios, a cantora de Bangerz, que teve a produção também por Mike Will Made It, performou “do what we want to” como um hino com pessoas vestidas de cogumelo, arco-íris e fantasias de flor dançando caprichosamente no palco. A cantora sempre provocativa espreitava o palco, cantando em seu microfone-banana, enquanto os Smilers na platéia cantavam junto na mesma hora.

Cyrus, em seguida, sentou-se para o seu cover de Melanie Safka de “Look What They’ve Done To My Song”. Com destaque em violão e a letra da canção sobre as tensões do estrelato: “Look what they’ve done to my soul/ Yeah, they tied it in a plastic bag/ And they shook me upside down, Ma.”

“Eu tive o meu primeiro número #1 na Billboard com a música”– disse Cyrus, agradecendo o público por seu apoio antes de mergulhar em na primeira performance ao vivo de “Wrecking Ball”.

Com as imagens de edifícios sendo demolidos no telão atrás dela, Cyrus foi às lágrimas no palco quando se apresentou de joelhos. Depois de dizer adeus a todos os frequentadores do festival, Cyrus, cujo documentário para a MTV “Miley: The Movement” estreia quarta-feira, 02 de outubro, brevemente alterada no sensual diva a criança selvagem embalou no solo de guitarra deixando o palco.

Se você perdeu as performances de Miley ontem no evento, você pode conferir tudo o que rolou clicando aqui.


Publicada por: Miley Cyrus Brasil
relacionado
10.08.2020
relacionado
23.07.2020
relacionado
09.07.2020
relacionado
07.07.2020
comente a postagem!