09.11.2013

Quando nos sentamos com Miley Cyrus pela última vez no início deste ano para a nossa entrevista para a capa do mês de Março, a coisa mais controversa sobre ela era o seu cabelo curto.

Desde então, algumas coisas mudaram. Cyrus – que completa 21 anos dia 23 de novembro – invadiu o MTV Video Music Awards com uma performance sensual que quebrou a internet, lançou um par de singles de sucesso (o que deu a partida “We Can’t Stop” e o emocionante “Wrecking Ball“) do seu novo álbum, Bangerz, e terminou com seu noivo, o ator de The Hunger Games, Liam Hemsworth. A despedida confusa com o homem que você tinha planejado se casar pode fazer com que algumas garotas sentem no sofá com uma caixa de Chunky Monkey, mas não Miley.

Quando nos encontramos com ela em um estúdio em Hollywood, algumas semanas após a separação ter se tornado oficial, ela estava boba e confiante em um macacão justíssimo da Versace. Por que Miley deve perder tempo chorando quando é ela quem está rindo por último?

Tanta coisa mudou desde a sua última vez na capa da Cosmo! Este é o ano mais louco da sua vida até agora?

Tudo está tão caótico e louco agora e é tudo de uma vez, mas eu estou vivendo para isso. Estou vivendo o melhor momento da minha vida e tudo está acontecendo como deveria. Mesmo as pessoas que querem me odiar não podem negar o fato de que eu sou literalmente a que todos estão falando. Eu não quero dizer que eu estou no topo agora – sinto-me como se eu fosse uma espécie de vira-lata de um jeito legal. É quase punk rock gostar de mim, porque não é a coisa certa a fazer. Assim, a sociedade quer me derrubar.

As pessoas ficaram chocadas com a sua performance no VMA, mas foi branda, comparada com o videoclipe de “We Can’t Stop”.

Quando as pessoas começaram a reclamar sobre o evento, eu fiquei tipo: ‘Você nunca viu a porra do vídeo?’ E se eu não tivesse feito essa performance? O VMA teria sido ruim. Estaria faltando alguma coisa. Na apresentação eu estava meio que tirando sarro do quão séria a indústria pop é.

Como você se sentiu quando as celebridades humilharam você?

Eu realmente não me importo. Acho que todo mundo teria dado qualquer coisa para ser eu naquele momento, porque eu estava sendo cem por cento fiel a mim mesma… e muitas pessoas não podem dizer isso. No final das contas, eu diria que eu sou uma boa pessoa e tenho orgulho do fato de que eu trato todo mundo muito bem, então não há nenhuma razão para alguém vir a mim, porque eu só quero o melhor para todos. Eu tenho uma música que diz “Stay in your lane (Fica na sua)” porque eu não vou ser você e você definitivamente não vai ser eu, então não me julgue indiretamente. Eu não faço isso com ninguém.

E as celebridades que são Team Miley?

O apoio de outros artistas é importante, porque não há muitas pessoas que podem se relacionar com o que eu estou passando agora. Kanye West é uma dessas pessoas, e até mesmo Katy Perry tem sido muito legal. É fácil para Kanye me apoiar porque estamos em vias totalmente diferentes na competição, mas para Katy quer dizer que ela realmente aprecia o que eu estou fazendo na indústria pop. E eu quero dizer, quem se importa com o que a mídia está dizendo quando Kanye West está dizendo que você é foda?

Você foi assunto entre os críticos que dizem que você está se apropriando da cultura negra.

Eu acho que nas próximas gerações, todo mundo vai ser tipo ‘O que quer dizer com as pessoas homossexuais não podiam se casar? O que quer dizer com alguém te criticou por ter meninas negras dançando no palco com você?’ É 2013! Tipo, por que estamos falando sobre a cor das garotas que estão no palco comigo? Eu simplesmente não posso acreditar.

O que você pode dizer sobre os anões que estão no seu palco durante os shows?

Isso não é uma atração do meu show – esses são meus dançarinos de verdade, essa é minha banda de verdade. Essas pessoas são pequenas, mas o que eu estou fazendo não é um show louco. É de verdade, e isso faz eles se sentirem bem. Eu quero dar uma força para todo mundo.

De onde veio essa coisa da língua?

É a geração selfie! As pessoas mais velhas veem isso e não entendem! Eu disse para todas as mães ‘Vocês não entendem; toda pessoa faz isso’. Se acostume com isso.

Você sente como se essa fosse a mais autêntica artista que você já foi?

Tudo o que eu estou fazendo é com a intenção de ser a vida e a arte imitando uma a outra, e então tudo tem sido sempre honesto em seu tempo. Quando eu fiz Party In The USA, era daquele jeito que eu me sentia. Quando We Can’t Stop saiu, eu estava vivendo aquela vida. Não é como cada dia que eu estive em um set de atuação. Quando se trata de música, eu sempre fui honesta.

Você está ocupada como nunca esteve! O que está te guiando agora?

Na minha primeira turnê, eu estava fazendo o número de abertura, e os artistas foram tão cruéis comigo. Eles me fizeram cantar em frente a um lençol rasgado, porque eles estavam tipo ‘você não pode usar o palco inteiro’. Eu apenas me lembro de pensar ‘Eu tenho que trabalhar duro mesmo’. Eu tive que trabalhar demais para chegar onde eu estou, e eu fiz tudo isso sozinha. Obviamente, eu tenho uma equipe incrível, mas eu tive que ser o mestre que lidera o caminho. Eu tenho as ideias, e eu encontro as pessoas que eu acho que são as certas para colocarem essas ideias em prática.

Da última vez que entrevistamos você, você disse que o seu relacionamento com o Liam era sua prioridade número 1. Como as coisas estão desde a separação?

Neste momento, eu estou tão focada na minha música que eu não me deixo entrar em um estado onde eu não esteja celebrando a vida. Há muitas coisas boas para estar sempre se concentrando em algo ruim. Sua mente pode ser seu exército ou seu inimigo, então você tem que aprender a controlar isso.

Essa é a primeira vez em que você está solteira em anos. Como você está lidando com isso?

Eu preciso tratar a minha música como se estivesse em um relacionamento com ela – dar-lhe o meu tempo e toda a atenção que ela merece – e esse é o meu principal amor agora. Esse é o melhor momento da minha vida. Eu não vou olhar para trás e ficar tipo ‘Eu queria que eu não estivesse passando por um momento de superação’, sabe? Porque Deus não quer que isso rodeie minha vida agora. Ele quer que minha vida seja repleta de muito sucesso, que eu seja feliz, que eu abençoe outras pessoas e seja abençoada.

Scans & Entrevista: MileyHQ | Tradução: Elton e Henrique – Equipe MCyrus.com


Publicada por: Miley Cyrus Brasil
relacionado
20.09.2020
relacionado
19.09.2020
relacionado
17.09.2020
relacionado
11.09.2020
comente a postagem!