01.03.2017

Produtores em expansão da Broadway deveriam ter mais cuidado ao ir atrás das estrelas.

Na semana passada, a produtora Starvox Entertainment processou seus parceiros, June Entertainment e Rubicon Falls Entertainment, por fraude após as duas empresas recusarem a devolver seus depósitos, depois de não conseguirem ter várias celebridades em seus shows. Starvox pagou US$200.000 para ter no elenco Gary Oldman, Miley Cyrus, Keira Knightley e Al Pacino, esperando alcançar a Broadway.

Starvox já produziu vários shows populares, incluindo “Potted Potter”, “Evil Dead: The Musical” e “Cannibal! The Musical”.

De acordo com documentos da justiça, a produtora depositou U$25.000 na esperança de atrair o ator inglês Gary Oldman para estrelar uma remontagem de Sleuth”. A peça aconteceria na Broadway, depois de começar uma turnê no Ed Mirvish Theatre, em Toronto. Oldman ganharia pelo menos 1 milhão de dólares por suas performances.

A estrela de “True Romance” aparentemente aceitou a oferta, e Starvox continuou a fazer depósitos com as duas empresas para ter outros artistas renomados. Custou por volta de US$45.000 para ter Miley Cyrus em “Grease” e US$75.000 para Keira Knightly na remontagem de “Wait Until Dark”.

A produtora foi avisada de que Knightly havia concordado em estrelar o show, e June Etertainment mandou um contrato com uma suposta assinatura de seu agente. Depois, quando Starvox tentou contato com o agente, percebeu, então, que estaria sendo vítima de uma fraude.

“Isso não está nem próximo da minha assinatura,” respondeu o agente Adam Isaacs da MGMT. Entertainment. “Keira está de volta no Reino Unido com seu bebê e não quer estar em uma peça de maneira nenhuma,” ele disse.

(…)

June Entertainment e Rubicon Falls Entertainment devem apresentar uma resposta formal às alegações nas próximas semanas.

Fonte: Forbes | Tradução: Lucas Gomes – Equipe MCBR


Publicada por: Lucas Gomes
relacionado
31.08.2020
relacionado
05.08.2020
relacionado
17.07.2020
relacionado
15.07.2020
comente a postagem!