07.12.2020

Miley Cyrus é uma camaleoa da música. Ela sabe transitar do pop ao rock ou do rock ao country. Seu talento e potência vocal permitem que ela se destaque em diferentes estilos musicais.

Todos os seus sete álbuns possuem características e estilos musicais diferentes. Alguns com mais influência do pop/rock, outro do pop, outro do hip & hop, outro do country e em seu mais novo disco “Plastic Hearts”, a influência do rock é a mais presente.

Mas seja qual for seu estilo no momento, algo que nunca muda é que Miley está presente na composição e as faixas-título costumam ser bem poderosas e que merecem destaque. Algumas inclusive ganham clipe.

Outro ponto interessante, é que as músicas que dão nome ao álbum são sempre uma das cinco primeiras faixas do disco.

Breakout

A faixa que dá nome ao segundo álbum de Miley é a primeira e foi composta por Gina Schock, Ted Bruner e Tray Vittetoe. A música tem uma pegada pop e foi oferecida inicialmente para Katy Perry que a descartou.

Katy inclusive é uma das backing vocals de “Breakout”. A canção fala sobre não aguentar mais a escola e querer sair para se divertir com os amigos.

The Time Of Our Lives

A canção é a quarta do ep lançado em 2009 e foi composta por Lukasz Gottwald, Claude Kelly, Pebe Seber e Kesha Sebert – ela também é uma das backing vocals.

A música é pop e Cyrus mostra sua potencia vocal quando começa o refrão cantando “Let’s have the time of your lives”. A canção fala sobre aproveitar o momento de suas vidas sem se preocupar.

Can’t Be Tamed

Um dos maiores sucessos de Miley e também a canção que deu o ponta pé inicial de sua carreira pós-Disney, é a terceira faixa do seu quarto álbum lançado em 2010.

Composta por Cyrus ao lado de Antonina Armato, Tim James, Marek Pompetzki e Paul NZA, a música fala sobre ela não poder ser tomada e querer ser parte de coisas novas.

A faixa foi o primeiro single do álbum e ganhou um clipe onde Miley interpreta uma ave rara.

SMS (Bangerz)

A faixa-título do quinto álbum de Cyrus é uma parceria com Britney Spears – uma de suas maiores influências como a própria já revelou algumas vezes.

A música tem uma pegada hip-hop e foi composta por Marquell Middlebrooks, Mile L. Williams II, Miley e Sean Garret. A letra fala sobre sempre quererem algo dela e um cara que não sabe se a quer ou não, mas que ela não pode esperar porquê tem outras coisas para fazer, como uma turnê.

Younger Now

A primeira faixa do sexto álbum de Cyrus lançado em 2017 e foi escrita e produzida por ela ao lado de Oren Yoel.

A canção também ganhou um clipe e fala sobre mudanças, a letra diz: “Ninguém permanece o mesmo. Você sabe que tudo que sobe, desce. A mudança é algo que certamente acontece”. Cyrus apresentou a música no VMA de 2017.

Plastic Hearts

A segunda faixa de seu mais recente álbum, lançado no dia 27 de novembro foi composta por Andrew Wotman, Ali Tamposi, Louis Bell, Ryan Tedder e Cyrus.

A música tem uma pegada rock e fala sobre se sentir vazia e por mais que queira, não consegue sentir alguma coisa. A produção é de Louis Bell e Andrew Wattt que também são os responsáveis por outras canções do disco.

A música se destaca por trazer um solo de guitarra e backing vocals cantando “sinta alguma coisa agora” quando Cyrus diz “eu só quero sentir algo”.

*Um ponto a se destacar é que o primeiro álbum de Cyrus “Meet Miley Cyrus” não entrou na lista por não trazer nenhuma faixa com esse nome.


Publicada por: Larissa Vilarinho

Deprecated: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home/mileybr/public_html/wp-includes/functions.php on line 5496
relacionado
31.08.2021
relacionado
03.07.2021
relacionado
07.06.2021
relacionado
01.06.2021
comente a postagem!
error: Content is protected !!