20.09.2021

Dando continuidade a temporada de shows, Miley Cyrus encerrou o festival Music Midtown em Atlanta, Georgia, como a última headliner da noite.

Com apresentação de uma hora e meia, a cantora norte-americana convidou o produtor musical e amigo Mike Will Made It para compartilhar o palco durante a canção “23“, manteve a mesma setlist de seus shows anteriores e, também, interagiu bastante com o público presente.

Confira todos os detalhes do show apurados pelo Miley Cyrus Brasil a seguir:

Setlist

[Clique nos nomes para conferir os vídeos completos]

We Can’t Stop + Where Is My Mind? [Pixies cover]

WTF Do I Know

Plastic Hearts

Heart of Glass [Blondie]

SMS (Bangerz)

DOOO It!

Love Money Party

23 [com Mike Will Made It]

Malibu Remix

Nothing Breaks Like a Heart

Maybe [Janis Joplin]

7 Things

Bang Bang (My Baby Shot Me Down) [Cher] + See You Again

Midnight Sky

The Climb

Can’t Be Tamed

Wrecking Ball + Nothing Compares You [Prince]

Party in the U.S.A.

19.09 | Thread de fotos de Miley Cyrus no Music Midtown:

Publicações de Miley Cyrus no Instagram

“MC e MW reunião”

“Meus 3 artistas favoritos em 1 foto!”

“Nada se compara a você Atlanta! OBRIGADA!”

Discursos

Assim como no festival Summerfest, Miley sentiu mais segurança e conexão para falar com os fãs presentes. A cantora falou abertamente sobre o que sentia em relação a alguns álbuns antigos, flertou com um fã e até mesmo brincou sobre o que as pessoas mais velhas achavam de seu show:

Provavelmente um dos ingredientes mais importantes que nos fez passar pelo último ano e meio foi a música. Durante tudo isso, durante todo o medo, todo o pânico e todas as informações que estávamos recebendo diariamente que se contradiziam uma das outras, não sabendo no que acreditar. A única coisa constante no meio desse tempo inconstante foi a música!

Você vai ter isso pra sempre, é um presente. A música é um presente! O álbum “Bangerz” foi um presente, o álbum que fizemos depois dele que foi o ”Miley Cyrus and Her Dead Petz” também pois foi o começo do meu mundo psicodélico que eu tinha acabado de descobrir enquanto eu estava na Bangerz Tour. Eu passava muitas noites no meu ônibus escutando The Flaming Lips, então quando cheguei em casa eu estava inspirada a fazer um álbum com eles, e generosamente eles trouxeram o talento deles para o álbum. Então qualquer pessoa que eu tenha a chance de colaborar me muda pra sempre, e logo após que terminei o meu álbum Dead Petz eu quis fazer um álbum em que não sabia o que aconteceria se eu me aprofundasse em algo sozinha. Eu iria nadar ou afundar?

“Alguns dos meus novos artistas favoritos apareceram durante a pandemia, e não estou falando do Lil Nas X, mas ele também se assumiu. Eu estava muito indecisa em lançar o “Plastic Hearts” em um momento que não podia fazer algo tão crucial para o álbum, que é vir aqui e ver vocês cantando junto comigo. É isso que determina tudo. É acho que cada artista acha sentido em diferentes espaços e eu sei que, para mim, me apresentar ao vivo é o que me dá propósito, é a minha maior paixão. E não é pela parte de apresentação, mas sim me conectar com vocês que graciosamente-“

É mais íntimo e realmente parece que todos estão te ouvindo. Às vezes, nos festivais, tem tantos outros artistas no line up que você não sabe quem está aqui para ver você ou quem já vem com frequência e se eles te amam ou não. Então, é preciso coragem para fazer um show onde nem todo mundo te ama o tanto que você gostaria. Mas vocês me amam, né? Eu também amo vocês. Uma vez, Jamie, você disse que o silêncio não é uma coisa ruim, as pessoas só estão aproveitando e curtindo a música e internalizando. Essa é a minha banda, MC and the TVs, e estamos felizes de tocar para vocês essa noite, Atlanta.

“O ‘Younger Now’ poderia ter sido um álbum melhor se eu tivesse ligado para os meus amigos, mas eu me sinto bem com o que fiz porque eu tentei. Essa música é desse álbum e é uma versão reinventada e evoluída porque é isso que eu faço constantemente, me reinventar e tentar novas coisas. E eu encorajo vocês a fazer o mesmo porque é uma vida muito longa para se viver em uma só identidade. Então eu espero que vocês encontrem a coragem em si mesmos para achar coisas que amam uns nos outros para criar algo que realmente seja você. Essa música se chama ‘Malibu’.”

“Todos os loucos vão gostar disso. E os seus pais vão falar, ‘Eu disse para você não ir praquela merda de show da Miley Cyrus, ela tem aquelas animações de esqueletos estúpidos fazendo sexo’. E essa é a pior coisa que poderia estar acontecendo no mundo: esqueletos animados se comendo. Olha, os esqueletos não tem pênis, então tá tudo bem.”

Curiosidades

Além do Summerfest, alguns smilers brasileiros também marcaram presença no show de Miley no Music Midtown — os sortudos foram Yasmin, Lucas, Alexa e Matt.

Matt, inclusive, foi notado pela cantora durante a música “Wrecking Ball“, ele segurou um cartaz com os dizeres “Você me salvou“, ela viu, disse “Eu vejo você” e mandou um beijo.

Durante a canção “Plastic Hearts“, os fãs ficaram tão animados que “surfaram” no público:

Também teve os fãs bem animados, como Timothy “Spears”, que zerou a vida ao dançar durante a música “Can’t Be Tamed”:

E durante a música “7 Things“, fãs levaram um cartaz em homenagem ao casal “Niley” (Miley Cyrus + Nick Jonas), a Miley viu, piscou e apontou para eles! Hahaha

“Miley é o passe livre do meu marido… e o meu.”

Tradução e Adaptação: Adalgiza Fernandes, Lívia Bastos e Thayná Araújo.


Publicada por: Miley Cyrus Brasil

Deprecated: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home/mileybr/public_html/wp-includes/functions.php on line 5496
relacionado
22.09.2021
relacionado
18.09.2021
relacionado
17.09.2021
relacionado
14.09.2021
comente a postagem!
error: Content is protected !!