07.03.2014

Matéria: Rolling Stone

No início dos anos noventa, o animador John Kricfalusi cravou o seu nome na história dos desenhos animados criando The Ren & Stimpy Show, grande sucesso da Nickelodeon. Um pouco mais tarde, o artista tem vindo a canalizar a sua criatividade em direção a uma figura semelhante: Miley Cyrus. A Bangerz Tour, turnê da estrela pop, que teve início no dia 14 de fevereiro e vai até Junho tem a sua abertura feita com um animado desenvolvido por Kricfalusi e seus colaboradores. O videoclipe apresenta várias versões em forma de caricaturas de Cyrus, seu produtor Mike Will Made It, um zoológico de animais de bobos e um robô, além de uma sequência onde Cyrus dá tapinhas no bumbum da dançarina de Twerk, Amazon Ashley, que faz parte da turnê. De alguma forma, isso tudo faz sentido visualmente.

As sementes da parceria foram semeadas quando Cyrus e Diane Martel – diretora da Bangerz Tour e do videoclipe de “We Can’t Stop” – viram alguns vídeos animados divertidos que Kricfalusi criou de personagens de Hanna-Barbera – uma origem que se encaixa perfeitamente com os vídeos de Bangerz, por mais que Miley esteja se gabando de seu gingado.

A gente conversou com o animador de 58 anos, em Los Angeles, para falar sobre o trabalho com Miley:

Antes de fazer o vídeo, você conheceu e esboçou Miley Cyrus. Como foi essa experiência?

Diane [Martel] me ligou e disse que ela e outras pessoas envolvidas com a turnê iam se encontrar com Miley no Chateau Marmont uma noite. No início, eu só saí e comprei um monte de revistas porque o rosto dela estava em todas na época, então eu comecei a fazer caricaturas da Miley usando esses tabloides, mas então eu perguntei: “Posso encontrá-la e só passar uma hora com ela ou qualquer coisa, desde que eu possa vê-la pessoalmente?” Você vê mais sutilezas na vida real do que você vê nas fotos. Basicamente, eu só a assisti falando com todo mundo e tirando muitas fotos. Ela foi muito boa e muito criativa para criar aqueles desenhos estranhos. Eu desenhei algumas ideias no local. Eu fiz este desenho dela beijando uma girafa. Eu estava muito nervoso e não queria ofendê-la ou qualquer coisa, mas ela disse: “Ah, sim, faz isso! Vou querer desse jeito!”

Qual foi o seu nível de familiaridade com o trabalho dela?

Bem, para dizer a verdade, eu estou tão fora de contato com a cultura pop moderna. A única coisa que eu sei sobre a cultura pop, honestamente, é pelo que eu leio nas revistas. Por alguma razão, eu sou viciado em tabloides, e eu gosto de desenhar caricaturas de todas essas pessoas. Eu sei que ela era Hannah Montana. Eu vi sua performance no VMA, então eu meio que sabia o que estava acontecendo, mas eu ainda ouço músicas de Cab Calloway. Eu ainda assisto The Jack Benny Show and The Honeymooners.

Você tem dúvidas sobre estar envolvido no projeto?

Não. Quer dizer, fiquei meio surpreso quando li essas coisas que todo mundo está chocado e que é puro rock & roll. Essas coisas não acontecem há, tipo, 60 anos? Não é esse o ponto? Eu não acho que quem escreve estes artigos está realmente chocado. Eles só querem uma boa maneira de vender revistas. Os jovens querem se rebelarem. Eu não sei por que alguém está chocado com o fato dos jovens serem revoltados.

Como foi que a ideia dos vídeos da Bangerz Tour originalmente chegaram até você?

Eles queriam que os animais que fazem passeios loucos e se exibissem. Eles queriam cenas de Miley. Ela estava muito agradável quando eu estava desenhando ela. Eu fiz todos os tipos de versões diferentes. Ela não me deu um monte de ordens de como fazer. Se eu fizesse desenhos engraçados dela, ela diria: “Sim, quero esses.” Se eu fizesse desenhos realmente bonitos, ela diria: “Quero esses.” Ela tem uma aparência diferente em cada cena do desenho animado, o que eu gosto. Eu não gosto de consistência. Eu não sei se você sabe os termos de animação, mas há um termo chamado “on-model”, onde 99 por cento dos estúdios de animação – todos – querem vários artistas para desenharem exatamente o mesmo que qualquer outro artista e nunca variarem no que se trata da aparência dos personagens, mas se você ver os meus desenhos animados, eles parecem diferentes em cada cena . Ela me incentivou a fazer isso.

Pelo fato de Miley ter sido o centro das atenções em sua nova fase no ano passado, ela já tem uma iconografia bem estabelecida: a língua pra fora, o urso de pelúcia em formato de mochilas e os do VMA, twerk… Quantas dessas coisas inspirou o vídeo?

Oh, eu olhei para tudo. Eu a assisti nas premiações. Eu assisti todos os vídeos, “Wrecking Ball” e “We Can’t Stop”. Tomei nota de tudo. Há cenas em desenho animado onde ela tem o cabelo que ela estava usando – aqueles dois coques na cabeça dela – no VMA. Também tem ela dançando twerk. Ah, e ela com o dedão de espuma. Ela está mudando a imagem dela o tempo todo. Se você reparar, nas últimas semanas ela já está mais feminina e glamourosa. Eu vi algumas fotos dela parecendo aquelas mulheres dos anos 50. Também tem um pouco disso no vídeo. Isso é divertido para mim. Eu não gosto de pessoas que ficam na mesma o tempo todo. É chato fazer a mesma coisa toda vez.

Existem alusões a qualquer um dos seus outros trabalhos nos vídeos de Bangerz?

Bem, não de propósito. Talvez o twerking. Logo após Miley deslizar sobre a língua no palco, a primeira cena é Miley rebolando com o cachorro dela. Fizemos uma versão animada de seu cachorro, e isso é muito reminiscente de Ren & Stimpy.

O que fez você pensar que o seu estilo e o de Cyrus combinariam? Uma coisa é ter o projeto oferecido a você e outra é aceitá-lo.

Bem, eu tenho que comer, certo? Honestamente, sempre que eu faço vídeos de músicas, eles são geralmente mais criativos do que quando eu faço programas de televisão. Músicos gostam de coisas estranhas. Eles gostam de criatividade, enquanto os executivos da TV não, na verdade. Eles estão sempre me dizendo para baixar a bola: “Não faça isso tão engraçado”, “Você pode fazer isso não parecer tão estranho?” Se eu fizer algo criativo, eu não vou tirar a essência disso, com certeza. Eu amo fazer caricaturas, então foi divertido pra mim animar caricaturas. É difícil fazer isso, mas eu gosto.


Publicada por: Miley Cyrus Brasil
relacionado
05.11.2019
relacionado
05.09.2019
relacionado
23.12.2015
relacionado
23.12.2015
comente a postagem!