11.12.2020

Como de praxe, assim que inicia o mês de dezembro os sites de jornais e revistas conhecidos mundialmente criam suas respectivas listas sobre quem seria o melhor artista, música e álbum do ano onde os mesmos compartilham suas opiniões sobre celebridades em cada categoria.

Miley Cyrus marcou grande presença na indústria musical em 2020, portanto, não podia ficar de fora! A cantora recebeu as mais diversas críticas e colocações. Abaixo você confere alguns sites como NME, Los Angeles Times, Rolling Stone e People:

Billboard – As melhores músicas de 2020

16. Miley Cyrus, “Midnight Sky” 

Miley Cyrus experimentou muitos sons ao longo de sua carreira de quase 15 anos, mas há algo sobre a vibe pop dark dos anos 80 de sua era Plastic Hearts que instantaneamente se encaixou como luva. Com sua letra confessional, mas cativante (incluindo a mensagem de Springsteen “Eu nasci para correr, não pertenço a ninguém”) e vocais roucos, “Midnight Sky” foi um single de destaque, mesmo antes de Stevie Nicks embarcar no perfeito mashup – provando que “Sky” era secretamente uma peça de um quebra-cabeça esperando para ser unido ao clássico de rock de 1981 “Edge of Seventeen”. – K.A

PEOPLE – Os melhores álbuns de 2020

06. Plastic Hearts por Miley Cyrus

Cyrus soltou um grito rebelde neste álbum de término de namoro, o melhor até agora.

Rolling Stone – Os 50 melhores álbum de 2020

23. Plastic Hearts, Miley Cyrus

Cyrus passou por mais mudanças de carreira antes de completar 30 anos do que a maioria dos artistas em toda a vida. Seu mais recente momento é o melhor, uma guinada espetacular para o glamoroso rock de volta ao passado que é mais divertido do que qualquer coisa que ela já fez. Como seus muitos covers tão amados há muito atestaram, os golpes poderosos da cantora podem se encaixar em praticamente qualquer estilo, desde a serpentina industrial disco grind até a balada de strass dos anos setenta e a grandiosidade do sintetizador de Steve Nicks. Mas isso é mais do que apenas uma noite divertida de karaokê; Cyrus sopra sua própria história nessas canções, criando um álbum mais pessoal do que qualquer uma de suas reinvenções anteriores.

NME – As 50 melhores canções de 2020

21. Miley Cyrus – ‘Midnight Sky’

Faça o sinal do rock com a mão! Com sintetizadores dos anos 80, um mullet louro platinado tipo Debbie Harry e gráficos metálicos extravagantes, o retorno de Miley Cyrus em 2020 marcou o ponto em que a rainha do pop se transformou na estrela do rock que ela sempre ameaçou a se tornar. Com foco em seu pós-divórcio falado pelos tabloides (“Veja meus lábios na boca dela, todo mundo está falando agora”, ela sorri), este era o tipo de roqueira que Cyrus parecia estar preparada para fazer.

Melhor parte: O som áspero do pré-refrão está como uma das melhores performances vocais da carreira de Cyrus.

LA Times – As 50 melhores músicas de 2020

Prisoner

Depois de provocar os fãs com seus covers corajosos das músicas do Nine Inch Nails, Blondie e Tom Petty, Miley Cyrus finalmente lançou o álbum de rock dos seus sonhos em “Plastic Hearts”. Na faixa glam sombria “Prisoner”, ela traz seu punk-rock para a discoteca de Dua Lipa e se entrega ao ritmo.

The Guardian – As 20 melhores canções de 2020

12. Miley Cyrus – Midnight Sky

Midnight Sky é terrivelmente solitário e assustadoramente imprudente. O eco retumbante do primeiro verso convoca Cyrus sozinha no banheiro de um bar, a festa rangendo as paredes enquanto ela fala para si mesma sobre como dar o fora; sua voz enorme e salubre encontra seu propósito final no refrão, agitada com indignação sobre a ideia de que ela deveria “pertencer a qualquer pessoa”. No entendo, Cyrus não está sozinha: referenciando Edge of Seventeen de Stevie Nicks, Born to Run de Bruce Springsteen e a iconografia pop-rock de Debbie Harry e Joan Jett, Midnight Sky está acompanhada por grandes nomes do rock americano em sua fuga celestial – e fortalece o caso dela como maior artista de singles do pop atual. LS

Insider – Os 20 melhores álbuns de 2020

17. Plastic Hearts de Miley Cyrus é a prova do poder de fazer o que quiser.

Miley Cyrus passou por diversas evoluções. Ela mesma dirá a você.

Em “Plastic Hearts”, a estrela pop de longa data se repaginou com uma atitude rebelde. Em seu auge, Cyrus admite que não tem uma identidade sólida e “talvez todo o caos seja para sua diversão” (“WTF Do I Know”). Mais tarde, ela se autodenomina uma “mentirosa” (“Bad Karma”) e se recusa a ser “estável” (“Never Be Me”).

Por outro lado, no entanto, parece que Cyrus está sendo mais autêntica que nunca. Ela percorre esta tracklist de 38 minutos sem perder um pingo de poder. A música glam-rock combina perfeitamente com ela; seu controle vocal é notável e suas letras revelam um arco-íris multifacetado de emoções.

O álbum pode se chamar ‘Plastic Hearts’, mas o próprio coração de Cyrus é complacente e distintamente humano, pulsando com intensidade e paixão em todas as 12 faixas “, escreveu o editor musical do Insider, Courteney Larocca, em nossa primeira crítica ouvida.

Não há fachada aqui. Miley está sendo implacável e esta versão dela é mais brilhante que todas as anteriores. “

NYLON Álbuns favoritos de 2020

Plastic Hearts, Miley Cyrus

Este foi o álbum de Miley Cyrus que eu esperei por anos. Sua voz se alterna entre gritos e gemidos no LP influenciado pelo rock. Além disso, o fato de que ela foi capaz de ter Stevie Nicks, Billy Idol e Joan Jett nas músicas me faz sentir como se a vida fizesse sentido

STEREOGUM – Top 40 músicas pop de 2020

Miley Cyrus – Plastic Hearts

Após anos desbravando, é muito bom ouvir Miley se soltar no seu elemento. Que ela continue produzindo pastiches pop-rock dos anos 80 como este por muito tempo.

GQ – Mulheres mais estilosas de 2021

2. Miley Cyrus

De adolescente clichê à provocativa high-fashion, a evolução do estilo de Miley Cyrus tem sido dramática e varia de incrivelmente cafona à infalivelmente chique. Tendo Dolly Parton como madrinha, o que você esperava?

VOGUE: Este ano, os videoclipes tiveram um renascimento na alta-costura

“Midnight Sky” — Miley Cyrus

Pop Crave: Os 40 melhores álbuns de 2020

15. ‘Plastic Hearts’ de Miley Cyrus

O novo álbum de Miley Cyrus não poderia ter chegado antes em um mundo que precisava de entretenimento mais do que nunca. Notória por mudar seu estilo a cada era, ‘Plastic Hearts’ mostra Cyrus abordando o gênero pop rock com facilidade enquanto ela apresenta sucessos (“Prisoner” e “Midnight Sky”), hinos de término sem remorso (“WTF Do I Know” e “Never Be Me”) e colaborações com as lendas da música Billy Idol e Joan Jett. Fez sentido quando Cyrus atrasou a era em meio à pandemia, considerando seu talento para apresentações ao vivo, mas tenha certeza de que ainda estamos tocando esse LP descontroladamente divertido em quarentena com a esperança de um dia vê-lo ao vivo.

Atualizaremos esse post caso saia alguma lista que Miley Cyrus esteja presente. Fique de olho em nosso site!

Tradução e Adaptação: Miley Cyrus Brasil


Publicada por: Lívia Bastos

Deprecated: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home/mileybr/public_html/wp-includes/functions.php on line 5144
relacionado
27.02.2021
relacionado
22.02.2021
relacionado
09.02.2021
relacionado
05.02.2021
comente a postagem!
error: Content is protected !!