17.05.2014

Na tarde de hoje, Miley publicou um texto de sua autoria no Twitter. Nele, a cantora aborda temas como a humanidade, alguns sentimentos pessoais e mais.

Confira logo abaixo traduzido pela nossa equipe.

Olhos tristes são bonitos também, humanos. Nós amamos sentir pena de nós mesmos, não é? Eu li que nós somos uma das únicas espécies (entre golfinhos, porcos e alguns primatas) que fazem sexo por prazer. Mas eu aposto que somos as únicas criaturas que sofrem com prazer. O que eu quero dizer com isso é… Quantas vezes você ficou deitado na cama chorando, enquanto o sol brilhava, as pessoas que você ama, riam, e havia milhões de livros para serem lidos… Mas você ESCOLHEU ficar deitado na cama, se afundando na tristeza. Hoje eu escolhi ser essa humana egoísta.

Não há nada que eu queira fazer mais do que deitar na cama e encharcar meu travesseiro com minhas lágrimas e ficar pensando em tudo que eu deveria, poderia e faria. Eu continuo me perguntando: por que esse mundo tiraria meu garoto de mim? Uma pergunta que já envolveu milhões de mães antes de mim e que depois de mim ainda vão fazer após perderem seus bebês preciosos. Eu sou uma bebê. Eu ainda dependo da minha mãe. É ela que no fim do dia eu quero correr para abraçar quando eu estiver triste, assustada, sozinha… Seu próprio dever nesse mundo é me deixar longe de caminhos ruins. Mesmo pensando que as mães não podem controlar tudo, a melhor responsabilidade das mães é manter seus bebês longe de qualquer coisa que os machuquem, psicologicamente ou emocionalmente. Eu era a mãe do Floyd. Eu nāo sei quando o arrependimento e a culpa vão desaparecer… Não sei nem se vão. Eu sinto como se tivesse deixado meu garoto na mão. Minha obrigaçāo era protegê-lo e eu não lido muito bem com falhas.

Não lido bem com a morte. Não amo pouco. Tudo que eu faço, eu dou o meu máximo. Eu amo ao máximo. Eu amo tanto e com tanta intensidade, que machuca. Então quando eu perco, é algo excruciante. Hoje é um daqueles dias que eu não posso abrir a cortina para ver o sol… Abrir as janelas para ver o mundo vivendo ao meu redor, porque para ser sincera, eu odeio que o mundo continue vivendo, eu quero que ele pare… Eu quero que o coração de todo mundo seja partido como o meu está sendo. Eu quero que todos sintam essa sensação estranha na barriga como eu estou sentindo.

Meu bebê se foi e isso está fora do meu controle. Então hoje o que eu vou fazer é ficar deitada nessa cama, nesse quarto de hotel depressivo e desejar que isso não seja verdade. Não importa o quanto eu chore ou implore para “Deus” me acordar desse pesadelo, isso é o que é (pelo menos é o que todos ficam me relembrando), não tem como acordar da realidade, então hoje eu sou uma impotente esperançosa, e eu aceito isso.

Vamos mandar mensagens positivas para ela através do Twitter, e também lembrar de incluí-las em nossas orações.

Tradução: Giovanna Bianchi | Equipe MCyrus


Publicada por: Miley Cyrus Brasil

Deprecated: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home/mileybr/public_html/wp-includes/functions.php on line 5146
relacionado
07.07.2021
relacionado
18.06.2021
relacionado
01.06.2021
relacionado
01.06.2021
comente a postagem!
error: Content is protected !!